Arrumar a casa não tem de ser um pesadelo

Normalmente, arruma-se a casa ao fim de semana pois é quando há tempo para o fazer.

Muitas vezes, esta tarefa torna-se um pesadelo pois não só ocupa uma grande parte do tempo, como relembra a necessidade de ter 3 fins de semana, seguidos, para pôr tudo em ordem. Ora, isso acontece por dois motivos: acumulação de tarefas e excesso de coisas.

Para que essa questão deixe de ser um problema, há que começar pelo início: escolher. E escolher, é, por vezes, uma tarefa árdua mas muito compensadora. Não só cria a sensação de limpeza  imediata, como desaparecem uma série de coisas que não fazem falta, seguramente. Depois de escolher, é importante que se defina um local “realista”, isto, é, arrumar as camisolas que mais se usam na prateleira que se encontra na linha de visão ou, os sapatos do dia-a-dia, em primeiro lugar. Após a concretização destes 2 passos, tão importantes, resta ser disciplinado na manutenção e, aqui, há que ter método e ser rigoroso e, não deixar para amanhã o que pode ser feito hoje.Ficam alguns exemplos:

– Ao apanhar a roupa, dobrar, no imediato, todas as peças interiores e separar o que deve ser passado a ferro e o que se pode arrumar no imediato;

– Arrumar a cozinha, sempre, após as refeições;

– Fazer a cama, diariamente;

– Lavar roupa 2 vezes por semana;

– Deitar fora jornais e revistas, já lidos, com mais de uma semana.

Estes são apenas alguns exemplos que poderão servir de mote para muitos outros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s